Por Ana Ligia em 06/07/2016

Promove o rejuvenescimento, trata problemas como espinhas e protege a pele da ação dos radicais livres e dos raios ultravioleta; a lista de benefícios promovidos pelos ácidos é enorme. Graças a isso, eles estão presentes em quase toda prescrição dermatológica das fórmulas antimanchas, anti-idade e antiacne. Conheça a ação dos cinco ácidos mais usados em tratamentos para a pele.

Os ácidos são os principais produtos usados na hora de tratar a pele. Mas alguns danos podem ser causados por eles quando entram em contato com o sol e altas temperaturas. Por isso, o inverno é o tempo ideal para tratamentos estéticos à base deste tipo de ingrediente

Ação dos 5 ácidos mais usados em tratamentos para a pele

Foto: Depositphotos

Ácido Ascórbico

É um poderoso antioxidante com os mesmos benefícios da vitamina C. A diferença é que o ácido consegue atingir um nível da propriedade que não é possível de ser alcançada somente com a ingestão de frutas ou suplementos. “É responsável por frear a ação dos radicais livres, estimular a formação de novo colágeno (é cofator da síntese) e ajuda a proteger a pele dos efeitos do sol, na medida em que uniformiza o tom de pele e melhora sua textura. Também é importante para diminuir as rugas e apresenta atividade imunoprotetora e clareadora”, explica a dermatologista Claudia Marçal.

Ácido Ferúlico

Sua substância é encontrada em diversos vegetais. Também é um importante antioxidante, o qual retarda o processo de envelhecimento da pele, suavizando as linhas de expressão. “Quando nanoencapsulado na formulação, garante alta penetração, chegando na junção dermoepidérmica e aumentando a elasticidade com estímulo do fibroblasto”, argumenta a farmacêutica Silvana Masiero.

Ácido Glicólico

Um derivado da cana de açúcar e vegetais doces, esse ácido tem ação hidratante e esfoliante, atuando na renovação das células. “O ácido glicólico torna a pele mais sensível, portanto, após seu uso, o ideal é não expor a pele ao sol sem a proteção adequada, ou isso pode causar forte irritação na pele com descamação, vermelhidão e até mesmo o surgimento de manchas”, alerta Marçal. O produto é contraindicado para mulheres grávidas.

Ácido Kójico

O ácido atua no clareamento de manchas e melasma na pele e pode ser usado, inclusive, em dias ensolarados, mas o filtro solar continua sendo indispensável. “Ele promove clareamento, tem ação sinérgica com outros clareadores e é um ácido que não causa irritabilidade nas concentrações de margem de segurança”, destaca a Marçal.

Ácido Salicílico

É um dos principais ácidos utilizados no controle de acnes. O ingrediente pode ser usado na forma de cremes, loções e shampoos, que também combate à oleosidade. Marçal explica que o produto aumenta a sensibilidade da pele: “recomenda-se usar protetor solar de no mínimo 30 (e maior de acordo com o fototipo do paciente) e evitar exposição ao sol”.

Veja mais!