Publicado por Pollyana Batista

Cuidar da pele e dos cabelos é tudo de bom. Entretanto, os produtos cosméticos têm tantas nomenclaturas diferentes e substâncias parecidas que a gente fica na dúvida sobre qual é o tipo mais indicado e os efeitos que ele provoca.

Pensando nisso, os blogs ‘Tira o Lenço e vai Ser Feliz’ e ‘Cabeleira em Pé’ reuniram as principais informações a respeito de três produtos bem populares: Hidratante, Umectante e Emolientes.

Hidratante

Sem dúvidas, é o mais conhecido do grande público. Como o próprio nome já diz, o hidratante consegue penetrar mais fundo nas camadas das nossas células epiteliais e capilares. Isso acontece graças a sua ação que atrai a umidade e concentra-a na célula, garantindo que a mesma fique macia e brilhosa. Um ingrediente bem comum aos hidratantes é a ureia.

A diferença entre emolientes, umectantes e hidratantes

Foto: depositphotos

Umectantes

É um tipo de hidratante mais ativo que o comum. Graças a sua capacidade de atrair água para a superfície das células. Ele também utiliza na sua composição ureia, glicerina, propilenoglicol, D.pantenol, óleos e extratos vegetais.

Na prática, isso significa que ao passar um produto cosmético umectante é possível, como um imã, capturar as moléculas de água presentes no ambiente interno e externo e umedecer a superfície celular, seja da pele ou dos cabelos.

O blog ‘Cabeleira em Pé’, explica o funcionamento do umectante: “este tipo de ingrediente, em função das ligações de hidrogênio de sua estrutura hidrofílica, tem a capacidade de atrair moléculas de água. Parece mágica, nas condições e proporções corretas o produto é capaz de atrair a umidade do ar e prendê-la à estrutura capilar”. Na pele, o efeito é o mesmo.

Se você gosta de produtos naturais ou menos industrializados, pode encontrar o efeito umectante em algumas substâncias presentes na natureza ou de baixo custo como em: glucose, mel, amido de milho, sal marinho ou gelatina.

Emolientes

De acordo com o blog ‘Tira o Lenço e vai Ser Feliz’, os emolientes são substâncias como óleos ou lipídios, cuja principal finalidade é tornar a pele mais flexível.

Isso tem reflexo direto na prevenção de rugas e pele seca, pois ele amacia, suaviza e proporciona à pele a possibilidade de se expandir, sem causar a perda ou morte celular. Geralmente, os produtos emolientes são a base de óleos vegetais, ácidos graxos como ômega 3 e 6 e lipídios.

Modo de usar

Nos três casos, você pode passar as substâncias na pele ou nos cabelos logo depois do banho com a superfície ainda úmida. Sempre faça o teste de alergia, passando somente um pouco do produto na nuca ou atrás da orelha.

Veja mais!